Top Ad 728x90

7 de jun de 2013

Polícia apreende Carne de cavalo vendida no Mercado de Afogados

Carne provinha de Lajedo e era revendida irregularmente a comerciantes do Recife. Uma mulher foi presa durante a apreensão.

Publicidade

Carne provinha de Lajedo e era revendida irregularmente a comerciantes do Recife. Uma mulher foi presa durante a apreensão.

Imagem ilustrativa
Cerca de 500 kg de carne de cavalo vendida irregularmente no Mercado de Afogados foi apreendida pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (7). Uma mulher - que revendia a carne em seu box no mercado - foi presa durante a operação, por volta das 6h.

Segundo o delegado encarregado do caso, Roberto Wanderley, as investigações foram iniciadas há duas semanas, após denúncias recebidas. A carne era proveniente de um matadouro de Lajedo, Agreste do Estado. A venda da carne no Mercado de Afogados era realizada nas quintas e sextas-feiras, das 5h às 7h, antes da abertura dos outros boxes do mercado.

Comerciantes do Recife eram os compradores da carne de cavalo que, quando crua, tem uma coloração mais roxeada do que a carne de boi e preço mais barato. A venda de carne de cavalo é considerada crime contra a saúde pública e pena da revendedora pode ser de até cinco anos de prisão.

Do S1 Notícias
JC Online

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90