Top Ad 728x90

25 de jul de 2013

Telexfree: Promotora do Acre receber ameaça de morte

Dá para entender a revolta dos divulgadores da TelexFree, investigada por suspeita de prática de pirâmide financeira.

Publicidade

Telexfree: Promotora do Acre receber ameaça de morte
Juíza e promotora são ameaçadas
Dá para entender a revolta dos divulgadores da TelexFree, investigada por suspeita de prática de pirâmide financeira. Afinal de contas, muitos até fizeram empréstimos ou abriram mão de seus empregos para entrar na empresa. Mas alguns estão passando dos limites. E nem estou falando das ofensas. Estou falando sobre ameaças de morte.


Em junho, poucos dias depois de conceder a liminar que bloqueava as operações da TelexFree, a juíza Thaís Khalil recebeu ameaças de morte. Agora quem diz ter sofrido ameaças de morte por investigar a empresa é a promotora de Justiça de Defesa do Consumidor do Ministério Público do Acre, Alessandra Marques.

A promotora denunciou que as ameaças foram postadas na página pessoal dela no Facebook. O Ministério Público pediu proteção de policiais, que agora acompanham Alessandra Marques durante todo o dia. Mas a promotora não mudou a rotina por conta das ameaças.

A TelexFree está com as operações suspensas desde 18 de junho. Na próxima segunda (29), a 2ª Câmara Cível do TJ-AC analisa um agravo de instrumento. Se o resultado for positivo, a empresa poderá voltar a operar.

Top Ad 728x90