Bebê indiano intriga médicos com terrível doença de pele


Publicidade

O caso aconteceu na cidade indiana da Amravati. Uma mãe de 23 anos de idade deu à luz uma criança sem pele, vítima de uma condição rara chamada ictiose arlequim.


 “Não há cura para esta doença” – Reprodução
“Não há cura para esta doença” – Reprodução
Em razão disso, no lugar da pele, todo o corpo é envolto em placas brancas, grossas e separadas por rachaduras profundas.

Segundo o pediatra Dr. Yash Banait, que atendeu o caso, se sobreviver, a criança terá que hidratar intensamente o corpo com pomadas, loções e óleos, pelo resto de sua vida. “Não há cura para esta doença. Tudo o que a Ciência Médica pode fazer é tentar manter o bebê vivo”.

A ictiose arlequim é uma condição genética que afeta cerca de um a cada 300.000 nascimentos. Conforme relatado pela dermatologista Dr.ª Aleksana Viana, para o portal Tua Saúde, ela é caracterizada pelo espessamento da camada de queratina que forma a pele do feto. As taxas de sobrevivência são muito baixas, os bebês diagnosticados costumam morrer logo após o nascimento ou sobreviver no máximo até os três anos de idade.

As causas dessa condição ainda não são totalmente compreendidas, contudo, acredita-se que quando os pais são consanguíneos haja um maior risco de desenvolvimento.

Os enxertos de pele geralmente são uma solução para minimizar os efeitos. Porém, segundo os médicos, neste caso, o procedimento não poderá ser realizado, já que a criança não possui qualquer pele no corpo.




Recomendamos para você »

Outras 7356870750643293270
Reaja! Comente!

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Publicidade

Recicla Net Pousada Vitor & Vitoria WhatsApp do S1 Notícias

Canal S1 Gamer

Mais Lidas

Receba noticias em seu E-mail

Publicidade

item