Como saber se a carne que você compra está estragada: 3 dicas para identificar


Publicidade

Com as denúncias feitas pela Operação "Carne Fraca", é importante que o consumidor saiba identificar características que podem denunciar a carne imprópria para o consumo.


Veja como identificar a carne estragada – Reprodução
Veja como identificar a carne estragada – Reprodução
A operação da Polícia Federal emitiu mandados de prisões depois de encontrar irregularidades nas vendas de carnes, como a adulteração de produtos que já estavam vencidos a partir do uso de uma substância que pode ser altamente cancerígena, mas servia para mascarar a má qualidade: o ácido ascórbico

Em entrevista ao Vix, a nutricionista Gabriela Zugliani ensina a reconhecer a qualidade das carnes de boi, porco ou frango.
Segundo ela, algumas medidas podem ser tomadas para tentar se proteger. Olhar o prazo de validade é o primeiro passo. “Se ela estiver muito perto do vencimento, não compre, mesmo que esteja com um valor menor”, aconselha.


Como identificar a carne estragada


Pela cor

As carnes bovinas precisam ter um tom avermelhado. Já as de porco devem ter um leve cheiro de sangue e estar rosadas (não em tom vermelho escuro ou sem cor, por exemplo). Já o frango, "se estiver com a superfície descolorada, amarelada ou com textura viscosa, é um bom indício de que ela deve ir para o lixo”.

Se a carne estiver amarelada, esverdeada ou cinza, não tenha dúvidas: está estragada, afirma a nutricionista. Essas cores indicam que ela tem mofos e bactérias se formando, então, “é melhor não arriscar”, aconselha.

Pela textura

Tocar a carne é outra forma de saber se ela está boa ou não para o consumo. “Quando está passada, ela possui uma textura viscosa, um pouco escorregadia, demonstrando um sinal de que as bactérias já se proliferaram ali”, diz Gabriela.

O frango é mais particular. “Ele pode ser considerado uma espécie de bomba-relógio da cozinha”, alerta ela. “Estraga em cerca de 48 horas, quando conservado cru na geladeira, e seis meses quando congelado. Atente-se para esses prazos e não consuma após ultrapassá-los.

Pelo cheiro

Outra forma mais fácil de saber se a carne realmente está estragada é pelo cheiro. “Nosso olfato nunca nos enganar em relação ao cheiro de comida estragada. Se a mesma estiver com cheiro de mofo ou algum odor desagradável, passe longe”, aponta. O frango podre, por exemplo, fica com um odor azedo e forte.

Comer carne estragada: quais os riscos?

De acordo com a nutricionista, carnes estragadas podem transmitir diversas doenças, que podem gerar problemas como intoxicações alimentares graves.

Se a carne for de má qualidade ou estiver estragada, e tiver sido mascarada com ácido ascórbico (vitamina C), em excesso, ela pode causar uma sobrecarga renal, favorecendo “a formação de cálculos renais, e em casos extremos, levar ao câncer”, aponta ela.

Recomendamos para você »

Saúde 410122357935082835
Reaja! Comente!

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Publicidade

Recicla Net Pousada Vitor & Vitoria WhatsApp do S1 Notícias

Canal S1 Gamer

Mais Lidas

Receba noticias em seu E-mail

Publicidade

item