Conheça o caso do alemão apaixonado por uma múmia


Publicidade

Diz-se que, ao vê-la pela primeira vez, o alemão se apaixonou pela jovem cubana. Ele teria dito a seus conhecidos que ela era muito semelhante a uma moça que sempre via em seus sonhos.


A moça foi diagnosticada com tuberculose, que à época era essencialmente letal – Reprodução
A moça foi diagnosticada com tuberculose, que à época era essencialmente letal – Reprodução
Carl Tanzler, um excêntrico alemão que em 1927, afirmando ser um radiologista com graduações em nove universidades, bem como um inventor e capitão de um submarino, conseguiu emprego no United States Marine Hospital, Flórida (EUA).

Ali, ele conheceu uma jovem cubana de 21 anos, chamada Maria Elena Milagro de Hoyos, dando início a um dos casos mais bizarros já relatados. Diz-se que, ao vê-la pela primeira vez, o alemão se apaixonou pela jovem cubana, que, para todos os efeitos, era uma de suas pacientes. Ele teria dito a seus conhecidos que ela era muito semelhante a uma moça que sempre via em seus sonhos e por isso acreditava que pudesse ser o amor de sua vida.

A moça, no entanto, foi diagnosticada com tuberculose, que à época era essencialmente letal. Logo, e desesperado pela possibilidade de perdê-la, o alemão fez de tudo para salvá-la. Investindo tudo o que tinha, arranjou-lhe, ainda que ilegalmente, tônicos especiais e uma máquina de raio-X, bem como cobriu a jovem de presentes e declarações amorosas. Mesmo assim, no dia 25 de outubro de 1931, Elena sucumbiu à doença. Insistindo em cobrir os gastos funerários, ele convenceu a família de que construiria um mausoléu para guardar o corpo da amada.

Logo, porque tinha acesso irrestrito ao local onde estava o corpo, ele passou a visitá-lo todas as noites. No entanto, seus hábitos começaram a despertar desconfiança, com o tempo, ele foi despedido do hospital em que trabalhava e parou de visitar o mausoléu. Contudo, isso não significava que ele tivesse desistido da amada morta. E por isso resolveu removê-la do local de enterro, transferindo o corpo para um laboratório improvisado, que havia construído a partir da carcaça de um avião.

Em 1940 a irmã de Elena resolveu confrontá-lo a respeito de seu comportamento – Reprodução
Em 1940 a irmã de Elena resolveu confrontá-lo a respeito de seu comportamento – Reprodução
Assim, usando gesso, cera, fios e olhos de vidro, o alemão transformou o corpo e o levou para casa, mais propriamente para sua cama, onde ficou durante anos sendo preservada e fazendo companhia ao homem durante a noite. O abdômen da moça morta foi estufado com trapos e seus cabelos foram recolocados no crânio. Para evitar o mau cheiro, ela era banhada em perfume, óleos e usava diferentes roupas o que começou a levantar desconfiança dos vizinhos.

Foi apenas em 1940 que a irmã de Elena resolveu confrontá-lo a respeito de seu comportamento. Eventualmente, ele permitiu que ela entrasse na casa. Uma vez lá dentro, a mulher se deparou com uma espécie de boneca de cera em tamanho real, e embora não tivesse suspeitado se tratar da irmã, resolveu alertar as autoridades.

Posteriormente, ela acabou descobrindo a verdade. Curiosamente, durante o exame de autópsia, os médicos descobriram que Tanzler havia inserido um tubo no canal vaginal de Elena, a fim de preservar sua região genital. No entanto, eles não puderam confirmar se de fato o alemão tivera relações sexuais com o corpo.

Após ser preso, Tanzler ainda conseguiu apoio público, uma vez que alguns o consideravam um “romântico”. Durante seu julgamento, ele admitiu que pretendia usar um avião para levar a amada até a estratosfera, onde, com a ajuda da radiação que penetraria seus tecidos, faria com voltasse à vida. Como seus crimes já haviam sido prescritos, Carl não ficou muito tempo na cadeia. Embora lhe tenham negado a posse do corpo da amada, ele viveu o resto de sua vida sem outros incidentes.

O corpo de Elena, no entanto, ainda ficou exposto ao público em uma casa funerária, até que, finalmente, foi enterrado em um túmulo sem nome para que a cubana conseguisse descansar em paz.

Recomendamos para você »

Outras 8632485977852973970
Reaja! Comente!

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Publicidade

Recicla Net Pousada Vitor & Vitoria WhatsApp do S1 Notícias

Canal S1 Gamer

Mais Lidas

Receba noticias em seu E-mail

Publicidade

item