Gusttavo Lima tem música proibida pela Justiça do Rio


Publicidade

Cantor foi acusado de plágio e está proibido de reproduzir a música 'Que Mal Te Fiz’.


Gusttavo já negou o plágio em um comunicado – Reprodução
Gusttavo já negou o plágio em um comunicado – Reprodução
Gusttavo Lima está proibido pela Justiça do Rio de reproduzir a música “Quem Mal Te Fiz”, por plágio, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. A juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 6ª Vara Empresarial do Rio, determinou o recolhimento de todos os exemplares dos CDs “Ô Sofrência” e “Arena pop 2015”, duas coletâneas que contêm a faixa, por considerar que ele se apropriou de uma música do autor português Ricardo Landum, alterando a letra original sem autorização.

A juíza concedeu tutela de emergência proibindo que os réus - Gusttavo, sua gravadora, a Som Livre, a Balada Eventos, empresa que administra a carreira do cantor, e o Google - "executem, divulguem ou comercializem" a música, por meio físico ou digital. 

Na decisão, a magistrada alega que é "evidente a probabilidade do direito autoral alegado" por Landum, e define que um oficial de Justiça recolha "todos os exemplares dos CDs que se encontrem nos depósitos da gravadora, ficando o autor como fiel depositário dos estoques".

Uma audiência de conciliação entre as partes foi marcada para o dia 4 de maio. Gusttavo já negou o plágio em um comunicado.

Recomendamos para você »

Outras 4891842590422160838
Reaja! Comente!

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Publicidade

Recicla Net Pousada Vitor & Vitoria WhatsApp do S1 Notícias

Canal S1 Gamer

Mais Lidas

Receba noticias em seu E-mail

Publicidade

item