Top Ad 728x90

9 de mar de 2017

TOP 5 razões para nunca mais comer ketchup

Conforme nos informamos, mais nos tornamos conscientes dos problemas que acompanha.

Publicidade

Conforme nos informamos, mais nos tornamos conscientes dos problemas que acompanha.


Cinco razões pelas quais deveria abandonar de vez o consumo de ketchup – Reprodução
Cinco razões pelas quais deveria abandonar de vez o consumo de ketchup – Reprodução
No entanto, embora se entenda que os orgânicos sempre serão a melhor opção, é difícil mudar drasticamente de dieta. Algumas pessoas simplesmente viciam em certos alimentos, como o ketchup, por exemplo.

Geralmente descritos como feitos à base de tomates, condimentos, água e açúcar, a verdade é que esse molho tão especial também traz uma forma de xarope de milho geneticamente modificado, conservantes e doses concentradas de frutose. Este último é considerado um problema porque, em grandes quantidades, pode levar ao acúmulo de gordura no fígado, aumento das triglicérides e diabetes.

Abaixo, conforme publicado pelo Diário de Biologia, você confere cinco razões pelas quais deveria abandonar de vez o consumo de ketchup.

1- Xarope de milho de alta frutose


A frutose, quando encontrada nas frutas, é capaz de ser metabolizada pelo organismo. No entanto, este não é o caso para o ketchup, que contém xarope de milho de alta frutose. Embora o ketchup por si só não seja considerado letal, essa forma de xarope de milho pode trazer problemas. Feito à base de milho geneticamente modificado, é comumente associado a doenças do coração, obesidade, câncer, demência, insuficiência hepática, cárie dentária e diabetes.

Uma vez metabolizado pelo corpo, ele pode condicionar a um aumento acentuado dos níveis de açúcar no sangue, causando danos no sistema imunológico e fígado. Ainda, afirma-se que essa formulação de xarope de milho contenha mercúrio, que por si só já é considerado tóxico.


2- Grandes quantidades de açúcar


O ketchup industrializado tem em média,6 gramas de açúcar para cada 100 gramas do molho. No entanto, de acordo com dados da American Heart Association, a quantidade máxima de açúcar que devemos comer em um único dia é de 37,5 (ou nove colheres de chá) para os homens, e 25 gramas (seis colheres de chá) para as mulheres.

3- Vinagre destilado e impróprio para consumo


Em uma ação movida em 2014 alegou-se que o ketchup, especialmente o da marca Heinz, continha uma forma de vinagre destilado, não natural, feito a partir de milho geneticamente modificado e cultivado por meio de agrotóxicos e produtos químicos.Apenas o termo vinagre destilado já não condiz com a realidade, uma vez que seus semelhantes não são produzidos por destilação, mas sim pela fermentação de álcool destilado.

4- Quantidades absurdas de sódio


Alguns especialistas sugerem que o maior problema do ketchup são as quantidades absurdas de sódio. Compreende-se que uma única colher de sopa do molho pode conter até 167 mg de sódio.

Agora, considere que nem todas as pessoas se contentam com apenas uma colher e geralmente o produto é consumido como acompanhamento de outros alimentos que também dispõem de grandes quantidades de sódio. Muitos nutricionistas sugerem que a quantidade máxima de ingestão de sódio para um dia deve ser de 2.300 mg, enquanto que a Organização Mundial da Saúde (OMS), afirma que 2.000 mg já é suficiente.

5- Exclusivamente feito de produtos transgênicos


De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), mais de 90% de todo o milho cultivado no país é transgênico. Isto é, os grãos foram modificados em laboratório para que serem tolerantes a certos herbicidas e/ou ações de insetos. A discussão dos transgênicos já é um debate que dura anos, uma vez que muitos questionam a segurança do método e impactos sobre a saúde humana, implicações éticas, econômicas, sociais e políticas.

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90