Top Ad 728x90

8 de abr de 2017

Dieta para acelerar o metabolismo pode emagrecer em até 1 mês

A variedade de opções saudáveis que aceleram o metabolismo e emagrecem é grande. Dieta baseada na aceleração do metabolismo deve contar com a orientação de um nutricionista.

Publicidade

A variedade de opções saudáveis que aceleram o metabolismo e emagrecem é grande. Dieta baseada na aceleração do metabolismo deve contar com a orientação de um nutricionista.


 Veja alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo – Reprodução
Veja alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo – Reprodução
O bom funcionamento do metabolismo desempenha papel fundamental na saúde e na perda de peso. Uma maneira simples de emagrecer naturalmente é investir, por exemplo, em alimentos termogênicos que, ao acelerar o metabolismo, turbinam a queima de calorias.

Diversificar e espalhar ao longo do dia nas refeições as comidas que emagrecem pode ajudar a secar em apenas 1 mês, sem grandes restrições ou sacrifícios. Uma dieta baseada na aceleração do metabolismo deve contar com a orientação de um nutricionista para a escolha dos alimentos e do cardápio que mais combinam com seu perfil e necessidades.


Alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo


A variedade de opções saudáveis que aceleram o metabolismo e emagrecem é grande, o que permite a inclusão de ingredientes no café da manhã, almoço, jantar e lanches entre as refeições. Conheça exemplos mais poderosos de alimentos para perder peso:

Cereais integrais: aveia, arroz integral e quinoa são exemplos de carboidratos complexos de liberação lenta que oferecem saciedade e energia de longa duração, sem os picos associados a outros alimentos ricos em açúcar. Ricos em nutrientes, aceleram o metabolismo, estabilizando os níveis de insulina.

Chá verde: além de ser um antioxidante natural, que combate radicais livres que provocam envelhecimento e doenças, a bebida pode aumentar significativamente o metabolismo, ajudando assim na perda de peso.

Frutas cítricas: por serem excelentes fontes de vitamina C, elas contribuem para a redução dos picos de insulina e aceleram o metabolismo.

Pimenta: a capsaicina, composto que garante a sensação picante do alimento, aumenta a circulação sanguínea e taxa a metabólica. A ingestão de pimentas pode aumentar o metabolismo em até 25%, com o pico de duração de até 3 horas. Além disso, ela é conhecida por reduzir a compulsão alimentar.

Brócolis: com alto poder de desintoxicação, o alimento rico em cálcio que colabora para o emagrecimento ainda é fonte de vitaminas C, K e A, ácido fólico, fibras e antioxidantes.

Temperos e especiarias: opções como gengibre, canela e pimenta preta são excelentes para manter elevada a taxa metabólica e podem ser incluídas na dieta de inúmeras formas. Além de adicionar sabor extra aos pratos, ainda podem ajudar a queimar calorias.

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90