Top Ad 728x90

19 de abr de 2017

SUS oferece cursos gratuitos sobre zika e chikungunya para profissionais de saúde

Profissionais de saúde de todo o país podem se inscrever em cursos gratuitos oferecidos pelo Ministério da Saúde.

Publicidade

Profissionais de saúde de todo o país podem se inscrever em cursos gratuitos oferecidos pelo Ministério da Saúde.



Realizadas pela internet o curso já têm mais de 90 mil alunos matriculados – Reprodução
Realizadas pela internet o curso já têm mais de 90 mil alunos matriculados – Reprodução
Profissionais de saúde de todo o país interessados em saber mais sobre os vírus zika e chickungunya, transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti, podem se inscrever em cursos gratuitos oferecidos pelo Ministério da Saúde. Realizadas pela internet, as capacitações "Manejo Clínico de Chikungunya" e "Zika: abordagem clínica na atenção básica" já têm mais de 90 mil alunos matriculados.

Com público alvo de médicos, enfermeiros, assistentes sociais, fisioterapeutas, psicólogos e cirurgiões dentistas, os cursos estão com inscrições abertas até 1º de dezembro de 2017. Organizados pela Rede UNA-SUS em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), os treinamentos têm o objetivo de capacitar um número cada vez maior de profissionais da área para o enfrentamento de epidemias das duas doenças no Brasil. Ao todo, mais de 90 mil alunos já se matricularam.

“Temos acompanhado e avaliado a percepção dos alunos que fazem estes cursos e os relatos de mudança de práticas em seus cotidianos de trabalho são muito frequentes. Após assistir aos vídeos e realizar as atividades, os profissionais que trabalham nas unidades de saúde relataram segurança para fazer o diagnóstico e tratamento de pessoas acometidas por chikungunya ou Zika” , explica a coordenadora dos cursos e da UNA-SUS/Fiocruz Mato Grosso do Sul, Vera Lucia Kodjaoglanian. Segundo ela, as duas capacitações são indicadas também para professores de graduação e pós-graduação:

Os professores relataram maior propriedade ao abordar as temáticas em suas aulas. E diariamente temos ingressos de novos alunos. O curso sobre chikungunya tem carga horária de 30 horas, enquanto o de zika tem 45.

Ambos têm conteúdo multimídia e baseiam-se no estudo de casos clínicos e depoimentos de especialistas. Uma biblioteca virtual é disponibilizada para os alunos matriculados poderem se aprofundar mais no tema.

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90