Top Ad 728x90

12 de mai de 2017

A relação entre tecnologia e dores

Pescoço, cabeça e ombros são as áreas mais afetadas pela postura irregular no uso de aparelhos.

Publicidade

Pescoço, cabeça e ombros são as áreas mais afetadas pela postura irregular no uso de aparelhos.


"São dores que chamamos de ocupacionais” - Reprodução
"São dores que chamamos de ocupacionais” - Reprodução
Os smartphonese tablets invadiram o cotidiano das pessoas. Seja no trabalho, no lazer ou em casa, eles estão por todos os lados e em todos os momentos. Os aparalhos aproximam e tornam a comunicação mais fácil. Porém, um problema envolvendo o uso dos celulares tem se tornado cada vez mais comum. A cena do problema tem relação com a postura. Aparelhos nas mãos (na altura do peito), ombros contraídos e cabeça em direção à tela.

O movimento para visualizar as mensagens já é tão natural, que muitas pessoas não percebem o quando encurvam a cabeça, tencionando os músculos da região do pescoço. Segundo o sioterapeuta Rafael Vieira, essa "nova" postura é inadequada. “Quando inclinamos a cabeça para frente, o pescoço sofre uma sobrecarga na região posterior. Para se ter uma ideia, essa angulação aumenta em três vezes o peso da cabeça”, explica Rafael, alertando que quanto maior a angulação, maior a sobrecarga. 

Incômodos Com o vício de posições instaurado, as dores não demoram a surgir. São os sinais de alerta para os erros de postura. "São dores que chamamos de ocupacionais, trazidas com o uso da tecnologia. Embora estejam relacionadas a todos os indivíduos, elas acabam atingindo mais os adolescentes e adultos jovens por utilizarem mais os celulares", esclarece Rafael vieira.

Entre os problemas mais comuns, estão o torcicolo, dores de cabeça e nos ombros. As dores podem ser intensas, resultado de muitas horas usando celular ou computador. Isso pode evoluir para casos extremos, como perda de mobilidade do pescoço, dores cervicais e na coluna lombar.

Outra região que pode ser afetada são os dedos, principalmente indicadores e polegares. “Como as telas são pequenas e os dedos, em sua maioria, são maiores, o indivíduo tem que se preocupar em conseguir colocá-los nesse pequeno espaço, aumentando a tensão nos tendões”. Cuidados Basta uma mudança de atitude para que as dores decorrentes da postura irregular sejam amenizadas, e incômodos mais sérios apareçam no futuro.

"A prevenção é sempre a melhor sáida. O recomendado é sempre ter hábitos saudáveis, com prática de exercícios e alongamentos. É preciso também evitar utilizar o celular enquanto se está deitado. Essas atitudes minimizam as dores ocupacionais", explica o fisioterapeuta.

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90