É realmente necessário usar a religião como bússola moral?


Publicidade

Muitas religiões usam um argumento comum que diz que elas oferecem estrutura moral para sociedade.


A moralidade não foi inventada pela religião – Reprodução
A moralidade não foi inventada pela religião – Reprodução
Portanto, se presume que sem as religiões, o mundo se encontraria num caos sem moral. Mas, primatologista e etologista Frans de Waal possui uma visão interessante sobre o assunto. De acordo com Waal,as religiões existentes no mundo possuem alguns milhares de anos e o próprio ser humano possui centenas de milhares de anos, portanto não seria preciso de uma religião para guiar a sociedade moralmente.

A moralidade não foi inventada pela religião, pois os seres humanos já tinham princípios morais. Mas, a religião pode sim decifrar e reforçar a moralidade no caminho que cada um escolher. De Waal também sugere que a religião pode ser usada como uma “nova cara” dos comportamentos morais.

Ele aponta que quando os seres humanos estavam na fase primitiva, eles eram grupos pequenos, onde era possível vigiar uns aos outros. Mas quando a população começou a crescer, um Deus foi criado para fazer as pessoas pensarem duas vezes antes de cometerem algo considerado imoral. Para Waal, mesmo que hoje o mundo se encontre super populoso, a religião não seria uma necessidade. Ele usou a Holanda como exemplo, onde a maioria das pessoas não possui crença religiosa, mas a sociedade no geral possui bons valores morais. 

Finalizando, ele considera que esse é uma indicação de que seria possível viver sem religião, mas também reconhece que não pode estar 100% certo, pois não há uma sociedade totalmente livre de algum tipo de religião.

Recomendamos para você »

Outras 806368323724778726
Reaja! Comente!

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Publicidade

Recicla Net Pousada Vitor & Vitoria WhatsApp do S1 Notícias

Canal S1 Gamer

Mais Lidas

Receba noticias em seu E-mail

Publicidade

item