James Cameron é processado por homem que diz ser Jack Dawson, de Titanic


Publicidade

Segundo ele, o cineasta e produtor, responsável pela saga Avatar e Aliens, O Resgate, se apropriou de maneira indevida de suas memórias para criar Dawson.


O que que está acontecendo com o mundo, gente? – Reprodução
O que que está acontecendo com o mundo, gente? – Reprodução
Quase 20 anos depois, Titanic ainda dá muito o que falar. Primeiro filme a atingir a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, a obra de James Cameron tornou-se uma verdadeira lenda em termos de produção e distribuição cinematográficas. Mas não é por isso que o longa voltou à baila recentemente; dessa vez, é por uma questão jurídica. Um homem chamado Stephen Cummings alega ter sido a inspiração de Cameron para criar Jack Dawson (personagem de Leonardo DiCaprio).

Segundo ele, o cineasta e produtor, responsável pela saga Avatar e Aliens, O Resgate, se apropriou de maneira indevida de suas memórias para criar Dawson e, por isso, está pedindo US$ 300 milhões em danos morais. Cummings afirma que as histórias de Jack e Rose (Kate Winslet) são muito similares às histórias de um casal de parentes seu. Além disso, o homem, que trabalha na indústria de iates da Flórida, onde Cameron o teria conhecido, pede por 1% dos royalties do longa. Ainda não se sabe se o caso irá aos tribunais ou não.

Coestrelado por Billy Zane, Kathy Bates e Bill Paxton, Titanic é um dos três filmes que detém o recorde de vitórias no Oscar. As outras duas produções que atingiram o número de 11 prêmios foram Ben-Hur e O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei. 


Recomendamos para você »

Outras 5798199266591167179
Reaja! Comente!

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Publicidade

Recicla Net Pousada Vitor & Vitoria WhatsApp do S1 Notícias

Canal S1 Gamer

Mais Lidas

Receba noticias em seu E-mail

Publicidade

item