Garota de 18 anos morre logo após perder a virgindade


Publicidade

A ao ter crise de convulsões logo após perder a virgindade. O falecimento aconteceu em um motel ao lado do namorado.

Bianca Monteiro, tinha 18 anos e namorava desde os 16
Bianca Monteiro, tinha 18 anos e namorava desde os 16
Foto: Reprodução
O que era para ser um momento especial de uma jovem, a ser lembrado por ela pela vinda inteira, acabou se tornando uma verdadeira tragédia na vida da família dela.

A jovem Bianca Monteiro, de apenas 18 anos, estava com o namorado quando morreu em uma cama de motel, momentos depois de ter perdido a virgindade. A garota teve uma crise de convulsões e não resistiu. Ela passou mal em um motel localizado na cidade de Cambé, Região Metropolitana de Londrina, Estado do Paraná.

Embora o caso tenha ocorrido em fevereiro do ano passado, a história segue repercutindo em algumas páginas das redes sociais, como um alerta a jovens que não saber que portam certas doenças cardíacas.

A Polícia Civil afirmou, baseado em laudos do Instituto Médico Legal (IML), que a menina teve sua primeira relação sexual e logo depois disso veio à óbito causado pelo problema convulsivo.

As informações das autoridades policiais ainda deram conta de que o casal teria ido ao motel para celebrar uma nova fase na vida garotam que havia passado na no vestibular da segunda fase do curso de Pedagogia de uma universidade pública bastante concorrida, a UEL (Universidade Estadual de Londrina).
Bianca momentos depois de ter perdido a virgindade
Bianca morreu momentos depois de ter perdido a virgindade
Foto: Reprodução

Bianca namorava um rapaz 16 anos mais velho, de 34 anos. O nome dele não foi divulgado. Mas segundo relatos do mesmo, logo após o ato sexual, a jovem teria se queixado, dizendo que estava passando mal. Depois começou a ter convulsões. Foi acionado serviço de atendimento móvel de Urgência e Emergência e, antes disso, um enfermeiro que estava no estabelecimento como cliente tentou prestar socorro, inclusive com massagens cardíacas, mas ela não resistiu.

A mãe também teria confirmado que se tratava da primeira relação sexual, assim como o namorado. Segundo o delegado responsável pelo caso, o namorado, com quem a jovem tinha firmado compromisso há 8 meses, teria primeiramente chamado uma atendente do motel assim que notou que ela não estava bem, com tremores e repuxando a cabeça.
Depois de ouvir em depoimento o namorado da jovem, os investigadores solicitaram exames para saber se o casal havia consumido algum tipo de bebida ou drogas. Ele afirmou que não e o resultado confirmou seu relato.

Uma análise inicial dos legistas aponta que a moça morreu por uma arritmia cardíaca. Alguns dias depois, houve a constatação de que a morte realmente foi por causas naturais. “Ela era jovem, provavelmente estava muito emocionada com o momento e o coração, infelizmente, não aguentou”, disse na época o delegado, Jorge Barbosa. Ela residia na cidade de São Jerônimo da Serra.

Recomendamos para você »

Policial 4161368783627636975
Reaja! Comente!

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Publicidade

Recicla Net Pousada Vitor & Vitoria WhatsApp do S1 Notícias

Canal S1 Gamer

Mais Lidas

Receba noticias em seu E-mail

Publicidade

item