Top Ad 728x90

8 de jun de 2017

Manifestante se amarra à placa do TSE e pede saída de Temer

Mineiro já participou de outras manifestações em Brasília, como na posse de Dilma e no impeachment do ex-presidente.

Publicidade

Mineiro já participou de outras manifestações em Brasília, como na posse de Dilma e no impeachment do ex-presidente.


 "Estou indignado. Vejo esse País povo passando fome em todos os lugares” – Foto/Igor Maciel/JC
"Estou indignado. Vejo esse País povo passando fome em todos os lugares” – Foto/Igor Maciel/JC
O mineiro de Ponte Nova André Rhouglas, 56 anos, adotou uma forma diferente de protestar em Brasília. Sob o sol forte, ele amarrou-se à placa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e afirma que ficará lá até que o presidente Michel Temer (PMDB) seja cassado.

Do lado de dentro do tribunal, os ministros estão reunidos pelo terceiro dia consecutivo para julgar a cassação da chapa Dilma-Temer. Rhouglas é experiente em manifestações políticas. Ano passado, durante impeachment de Dilma, ele foi a Brasília com uma cruz nas costas, semelhante ao pagador de promessas, obra clássica de Dias Gomes.

O mineiro também já esteve em Brasília, claro, para protestar já na primeira posse da presidente Dilma, em 2011 ocasião em que a segurança quebrou sua cruz. Em 2015, também esteve na capital federa.

"Estou indignado. Vejo esse País povo passando fome em todos os lugares, gente sem escola, gente sem saúde. E esse País corrupto. Então eu estou amarrado para simbolizar esse pequeno que não sabe manifestar, que soube votar, mas não sabe manifestar", afirmou André.

O homem também criticou a ausência de nomes para uma eventual disputa direta e se colocou como candidato à presidência do Brasil. Ele é aliado ao DEM de Minas Gerais. Do lado de fora do TSE, o policiamento está reforçado e o espaço destinado aos manifestantes está vazio.

Com informações JC. 

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90