Top Ad 728x90

18 de jul de 2017

Anvisa aprova registro de novo medicamento para diabetes

Produto será fornecido com uma caneta aplicadora e é composto por duas moléculas na mesma formulação: insulina glargina e lixisenatida.

Publicidade

Produto será fornecido com uma caneta aplicadora e é composto por duas moléculas na mesma formulação: insulina glargina e lixisenatida.


 De acordo com a Anvisa, o remédio deverá ser usado em adultos - (Foto: Adilson dos Santos/Ascom Quissamã)
De acordo com a Anvisa, o remédio deverá ser usado em adultos - (Foto: Adilson dos Santos/Ascom Quissamã)
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de um novo medicamento para controle do diabetes mellitus tipo 2 nesta segunda-feira (17).

O medicamento Soliqua será uma nova opção para o tratamento da doença. Ele será fornecido com uma caneta aplicadora e é composto por duas moléculas na formulação: a insulina glargina e a lixisenatida.

De acordo com a Anvisa, o remédio deverá ser usado em adultos para melhorar o controle glicêmico quando outras opções de tratamento não estejam mais funcionando.

A partir de agora, o produto segue para uma definição de preço que deverá ser aprovada por órgão vinculado ao Ministério da Saúde. Segundo a agência, o processo tem demorado em média três meses. Depois disso, poderá ser comercializado pelo país.

A diabetes mellitus do tipo 2 é a mais comum e representa 90% dos casos. De acordo com o Ministério da Saúde, ela tem uma relação significativa com a genética, o envelhecimento, o excesso de peso e o sedentarismo. Mais de 250 milhões de pessoas são atingidos pela doença no mundo, 4% delas (mais de 10 milhões) estão no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90