Top Ad 728x90

1 de ago de 2017

Papa Francisco afirma que brasileiros devem lutar contra corrupção

A mensagem é datada de 3 de julho e foi enviada pelo papa para ser lida no Encontro Nacional dos Jovens, no Santuário Nacional de Aparecida, no interior de São Paulo.

Publicidade

A mensagem é datada de 3 de julho e foi enviada pelo papa para ser lida no Encontro Nacional dos Jovens, no Santuário Nacional de Aparecida, no interior de São Paulo.


 O papa pediu que os brasileiros tenham esperança “em meio às incertezas” – Reprodução
O papa pediu que os brasileiros tenham esperança “em meio às incertezas” – Reprodução
O papa Francisco, líder máximo da Igreja Católica, pediu, em mensagem endereçada a jovens brasileiros e tornada pública nesta terçafeira, que lutem contra a corrupção. “Não tenham medo de arriscar-se e comprometer-se na construção de uma nova sociedade, permeando os ambientes sociais, políticos, econômicos e universitários”, escreveu Francisco.

“Não tenham medo de lutar contra a corrupção e não se deixem seduzir por ela. Vocês podem redescobrir a criatividade e a força para serem protagonistas de uma cultura de aliança e gerar novos paradigmas que venham a pautar a vida do Brasil.”

A mensagem é datada de 3 de julho e foi enviada pelo papa para ser lida no Encontro Nacional dos Jovens, no Santuário Nacional de Aparecida, no interior de São Paulo, que aconteceu no último fim de semana. Francisco relembrou uma peregrinação à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, de que participou em 2013. “Pude ali descobrir o segredo da esperança que move o povo brasileiro a enfrentar com fé e coragem os desafios de cada dia”, afirmou.

O papa pediu que os brasileiros tenham esperança “em meio às incertezas e inseguranças de cada dia, em meio à precariedade que as situações de injustiça criam”. “Vocês são a esperança do Brasil e do mundo”, concluiu o pontífice.

O Brasil atravessa uma crise política que tem no centro o presidente Michel Temer (PMDB), denunciado por corrupção passiva pela Procuradoria-Geral da República (PGR). A Câmara dos Deputados vota a partir desta quarta-feira se encaminha ou não a denúncia avaliação do Supremo Tribunal Federal (STF).

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90