Presidente da Associação, Zilda Simões com cartaz usado em um dos movimentos realizados na cidade de afogados da Ingazeira

Presidente da Associação, Zilda Simões com cartaz usado em um dos movimentos realizados na cidade de afogados da Ingazeira

Foi realizado na tarde desta terça-feira (07 de novembro de 2017), um encontro na Associação das Produtoras Rurais dos Barreiros, do município de Solidão, Sertão de Pernambuco, com a coordenadora Regional de Recife, para debater os direitos das mulheres e a divisão justa do trabalho doméstico. Ao todo existe o grupo formado de 48 mulheres na comunidade citada acima. Em entrevista ao site S1 Notícias, Zilda Simões presidente da associação, contou que através do ADAPE as mulheres podem procurar seus direitos, neste caso é um intermediador para buscar os direitos que as mulheres devem exercer no trabalho doméstico mais também profissionalmente.

Se fez presente durante a reunião, a coordenadora da secretaria da Mulher de Solidão Vanduncia Rodrigues, onde informou que a prefeitura de Solidão, junto com as demais secretárias, estavam a disponibilização para qualquer ajuda para as associações.

Associada com um dos cartazes com um dos principais temas abordados pela Associação dos Barreiros

Associada com um dos cartazes com um dos principais temas abordados pela Associação dos Barreiros

Foram convidadas outras comunidades para o encontro, bem como Joselma Vasconcelos da comunidade Fortuna de São Jose do Egito, Maria Sueli, da mesma comunidade, Maria Sueli Carvalho de Ingazeira da comunidade mulheres de bom senso e ainda Bernadete Antônia da 6 escola feminista. Zilda Simões elogiou o trabalho de Petrônio do IPA de Solidão, que é um dos principais órgãos que sempre está presente e ajudando, além da rede de mulheres produtoras do Pajeú.

Em projetos realizados pela associação está o PRONAFE B, um dos principais órgãos contribuinte, que disponibilizou mais de 5 mil reais para criação de animais. Para a associação já foram cedidos mais de 100 mil reais para a distribuição de projetos, como; mudas de plantio que foram divididas entre as mulheres da associação.

Presidente da associação juto com as associadas antes de iniciar o evento

Presidente da associação juto com as associadas antes de iniciar o evento

Em entrevista ao S1 Notícias, uma das associadas relatou que a associação mostrou a ela que mulher tem direito de fazer o que quiser, de ser livre, ainda a mesma relatou que com o projeto de criação de fogões orgânicos, ela pôde aprender e se profissionalizar e hoje está trabalhando fazendo fogões em outras cidades.

“cheguei em cidades e fui descriminada por homens que não aceitava de ver uma mulher como pedreira e eles de ajudante” disse Luzia Simões.

Associada mostrando uma peça de artesanato, produzida por ela mesma

Associada mostrando uma peça de artesanato, produzida por ela mesma

Para finalizar o encontro, houve ainda uma pequena peça de teatro encenada pelas próprias mulheres, onde mostrou a luta da mulher como mãe agricultora e mulher independente e ainda a importância da associação, para mostrar os direitos e igualdade dos trabalhos domésticos e profissionais.

Associada expõe pães produzidos por ela mesma

Associada expõe pães produzidos por ela mesma

As agricultoras associadas a associação desenvolvem e fornecem artesanatos, como também produtos gastronômicos, onde através destes adquirem uma renda extra.

Os interessados em conhecer mais as ações e serviços fornecidos pela Associação das Produtoras Rurais dos Barreiros podem entrar em conto através do e-mail: [email protected] ou pelo telefone: (87) 98854-8156.

Associada Luzia Simões, mostrando uma peça de artesanato. A mesma também criação de fogões orgânicos

Associada Luzia Simões, mostrando uma peça de artesanato. A mesma também também faz a criação de fogões orgânicos e cisternas 

Associada falando sobre as peças que ela e outras artesãs criaram

Associada falando sobre as peças que ela e outras artesãs criaram

Associada explicando sobre o puff criado por ela mesma

Associada explicando sobre o puff criado por ela mesma

Equipe do CRAS de Solidão discursando durante o encontro

Equipe do CRAS de Solidão discursando durante o encontro

Encontro na Associação das Produtoras Rurais dos Barreiros debateu os diretos das mulheres

Encontro na Associação das Produtoras Rurais dos Barreiros debateu os diretos das mulheres

Momento de descontração durante o encontro

Momento de descontração durante o encontro

Coordenadora Regional da Secretaria da Mulher de Recife palestrando no encontro

Coordenadora Regional da Secretaria da Mulher de Recife palestrando no encontro

Legumes e frutas plantados e colhidos pelas próprias associadas, os quais foram usados na peça de teatro

Legumes e frutas plantados e colhidos pelas próprias associadas, os quais foram usados na peça de teatro