Nenhum disparo atingiu os órgãos vitais da vítima; ex-marido é suspeito

Uma mulher foi atingida por oito tiros nesta sexta-feira (16 de agosto de 2013) ao buscar o filho em uma escola na Vila Missionária, na zona sul de São Paulo. De acordo com a polícia, o autor dos disparos é o ex-marido da vítima, que fugiu em seguida. 

Segundo testemunhas, Rita de Cássia Brito foi abordada pelo ex, Douglas dos Santos, na porta do colégio localizado na rua dom Lourenço Maria Balconi. Os dois teriam discutido e em seguida Santos sacou a arma e fez os disparos. A vítima tentou se proteger, sem sucesso, dentro da escola. A polícia ainda não tem informações sobre o paradeiro do criminoso. 


Apesar de ter levado oito tiros, nenhum disparo atingiu os órgãos vitais da vítima. Ela foi levada para o Hospital Geral de Pedreira, também na zona sul da cidade, e passou por uma cirurgia. Ontem à noite, o estado de saúde dela era considerado estável, segundo a Secretaria de Estado da Saúde. Ainda na noite de ontem, ela foi transferida para um hospital particular da zona sul.

O estado de saúde dela não foi divulgado a pedido da família, mas a reportagem apurou que ela está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e não corre risco de morte.


Em entrevista ao “SPTV”, da Rede Globo, a advogada da vítima, Julieta Yabiku, disse que o casal estava separado havia dois anos e que a documentação da separação foi finalizada nos últimos dias. Segundo ela, Santos não discordava da separação, mas da maneira como estava sendo feita a partilha de bens do casal. A reportagem não conseguiu localizar familiares de Santos nem o seu advogado.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.