A jovem anorexa de 21 anos, com 170 m de altura, aos 8 meses de gestação pesava 51 kg. Ela consumia 80 calorias diárias quando o ideal são 2 mil

anorexa-grávida-7A norexia é uma disfunção alimentar em que a pessoa ingere menos calorias do que o ideal e fica com baixo peso corporal, (Um risco para mulheres grávidas). É o caso da inglesa Holly Griffiths, 21 anos, grávida de 8 meses do segundo filho. Segundo o Daily Mail, ela trava batalha para aumentar o consumo calórico de cerca de 80 calorias diárias, já que o ideal são duas mil.

Holly tem 1,70 m de altura e pesa 51 kg, segundo ela, as costelas ficaram visíveis até o final da primeira gestação. Holly diz comer uma torrada no café da manhã, salada no almoço e macarrão sem acompanhamentos no jantar. Apesar do quadro, o estado de saúde do bebê é estável e o nascimento será induzido em três semanas. Trata-se de uma menina que será chamada de Isla.

Dois anos atrás, Holly deu à luz um menino, também saudável, chamado Dylan. A inglesa sofre de anorexia desde a infância. “Sei que tenho que comer pelo bebê, mas é muito difícil espantar as ‘vozes’ que ficam dizendo que sou gorda”, disse.

Holly relata que ficou desesperada quando descobriu que estava grávida novamente. “Fiquei horrorizada de ter de engordar de novo. Tive terríveis enjoos matinais, o que me fez perder peso. Pensava em provocar o vômito, mas não precisei, porque vomitava de qualquer jeito. Isso tornou o hábito de comer mais fácil, pois sabia que iria expelir tudo”, diz.

One Response

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.