Pe. Genildo Herculano realizando missa no cemitério de Solidão

Pe. Genildo Herculano realizando missa no cemitério de Solidão

O Dia de Finados em Solidão, Sertão de Pernambuco, neste ano de 2017 ganhou um toque especial e inovador da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, com a iniciativa do Padre Genildo Herculano de realizar missas no cemitério do município e nos povoados.

As celebrações se iniciaram no cemitério novo de Solidão as 6h, as 8:30h na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, logo mais as 10:30h o Pe. Genildo se dirigiu à capela do Povoado São Francisco, ainda a partir das 16h, a celebração ocorrerá na capela do povoado de Pelo Sinal e as 19:30h na Paróquia de Nossa senhora de Lourdes (Igreja matriz).

Cemitério Parque Jardim (cemitério novo), de Solidão

Cemitério Parque Jardim (cemitério novo), de Solidão

A iniciativa do Padre surpreendeu e agradou os solidanenses, em conversa com o S1 Notícias alguns moradores foram pegos de surpresa com a celebração da missa nos cemitérios, uma vez que era realizada apenas uma missa na Gruta;

“… eu gostei da missa no cemitério de manhã. Eu sempre saia triste quando ia rezar para a minha filha, hoje não…”, contou uma moradora. “…  o Padre Genildo está de parabéns com está ideia de realizar não uma e sim seis missas na cidade…”, completou um morador.

A Prefeitura de Solidão tendo em vista que os cemitérios iriam receber um fluxo grande de pessoas, principalmente no período noturno, realizou melhorias nas unidades da cede e povoados, trocando os fios, lâmpadas e sensores, com exceção do povoado de São Francisco onde foi necessário a reposição de poste.

Cemitério Santa Isabel (cemitério velho), de Solidão

Cemitério Santa Isabel (cemitério velho), de Solidão

O Dia de Finados

Dia dos Fiéis Defuntos, Dia de Finados ou Dia dos Mortos é celebrado pela Igreja Católica no dia 2 de novembro

Desde o século II, alguns cristãos rezavam pelos falecidos, visitando os túmulos dos mártires para rezar pelos que morreram. No século V, a Igreja dedicava um dia do ano para rezar por todos os mortos. Desde o século XI os Papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigam a comunidade a dedicar um dia aos mortos.

No século XIII esse dia anual passa a ser comemorado em 2 de novembro, porque 1 de novembro é a Festa de Todos os Santos. A doutrina católica evoca algumas passagens bíblicas para fundamentar sua posição (cf. Tobias 12,12; Jó 1,18-20; Mt 12,32 e II Macabeus 12,43-46), e se apoia em uma prática de quase dois mil anos.

Cruz da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes em Solidão

Cruz da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes em Solidão

Uma Resposta