Pastor e expulso da igreja após gravar cenas de sexo com fiel em motel de Sergipe - CE

A Polícia Civil (PC) em Sergipe deve investigar o vazamento de um vídeo onde um pastor da Igreja Assembléia de Deus filmou os momentos que praticava sexo com uma fiel. A mulher, de 35 anos, mãe de quatro filhos é casada com um policial sergipano e também teria aceitado ser filmada em um quarto de um motel, praticando o adultério.
O pastor Manoel Macambira de Brito, o “Dedé” já comandou durante vários anos a igreja localizada no Povoado de Capim Grosso, na zona rural de Canindé do São Francisco, interior sergipano.

O vídeo, de 15 minutos – com cenas fortes se sexo – foi encaminhado para alguns aparelhos celulares de moradores de Canindé e rapidamente foi colocado na Rede Mundial de computadores – Internet.
O que chama a atenção da polícia é o fato do casal ter filmado o adultério e agora a polêmica está em torno de quem vazou a filmagem comprometedora.

Após o vídeo se tornar público a direção da igreja determinou a expulsão de “Dedé” da congregação. Ao ser procurado na casa onde residia foi descoberto que o agora ex-pastor desapareceu da cidade.
Manoel Macambira é natural de Alagoas, onde já foi preso por tráfico de drogas. Após sua prisão, na década de 90, “Dedé” se tornou evangélico e deixou o Estado indo morar no interior sergipano. 

Da redação do S1 Notícias
Com informações de Antonio C. Melo

Todo o conteúdo do S1 Notícias é liberado para outras 
veiculações desde que a fonte seja citada 
Você pode contribuir com o site enviando  informações 
 E-mail: s1noticia@gmail.com

Fone: (87) 8855-2265 / 8856-4725 


Deixe um comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Imagem CAPTCHA

*