Prefeito Djalma Alves participa das Oficinas do Projeto Gestão Cidadã Djalma Alves esteve presente no primeiro encontro técnico de Oficinas do Projeto Gestão Cidadã, que tem como objetivo é a transparência da gestão pública.

Prefeito Djalma Alves participa das Oficinas do Projeto Gestão Cidadão

Prefeito Djalma Alves junto a equipe na Oficinas do Projeto Gestão Cidadã – Foto: Divulgação

O prefeito de Djalma Alves, de Solidão Sertão de Pernambuco, durante todo o dia desta quarta-feira (29 de novembro de 2017), viajou a Santa Cruz da Baixa Verde, para participar da Oficina do Projeto Gestão Cidadã da Amupe.

O projeto que está em andamento através da Amupe, dá ênfase a transparência da gestão pública nos municípios, onde estiveram presentes além do prefeito de Solidão, o anfitrião Tarcio Bezerra, Sebastião Dias de Tabira em quanto Flores, Carnaíba, Triunfo e Afogados da Ingazeira estiveram presentes através de representantes.

Mais sobre a Oficina do Projeto Gestão Cidadã:

Com o apoio da Delegação da União Europeia no Brasil, a Amupe lançou esse ano o Projeto Transparência e Participação Social na Gestão Pública Local Gestão Cidadã, que tem como principal objetivo contribuir para a consolidação de gestões locais democráticas que atendam aos interesses públicos e atuem de forma transparente e inclusiva.

Foram selecionados para participar do projeto 16 Municípios, que formaram o Grupo Regional do Sertão (Santa Cruz da Baixa Verde, Calumbi, Carnaíba, Flores, Solidão e Tabira) e o Grupo Regional do Agreste (Caruaru, Águas Belas, Bezerros, Cumaru, Cupira, Gravatá, Machados, Quipapá, Surubim, Toritama).

Nos dias 28 e 29 de novembro foram realizadas as Oficinas de Pactuação Metodológica, sendo uma em cada Grupo Regional. Esse foi o primeiro encontro técnico entre parceiros no âmbito do projeto e terá como objetivos firmar o compromisso de apoio com os (as) gestores (as) locais, apresentar o conteúdo do projeto e a metodologia de trabalho, estabelecer conjuntamente um cronograma de atividades e as cidades onde serão realizadas as oficinas, apresentar os dados municipais levantados na linha de base e formar os Grupos de Trabalho Municipais (GT).

Foram sendo convidados para esse encontro autoridades locais, servidores públicos do governo local de diversas pastas, vereadores (as) e representantes da sociedade civil organizada dos Municípios parceiros.