Após 562 anos de sua morte, corpo de Santa Rita de Cássia não se decompõe

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.