O bebê que faleceu em Chicago, tinha menos de 1 ano e apresentou resultado positivo.  Os Estados Unidos registram mais de 120.000 casos de COVID-19 e quase 2.000 mortes. 

Funcionários do governo do estado americano de Illinois anunciaram no sábado o falecimento de um bebê de poucos meses de idade em consequência da COVID-19, um caso raro entre as vítimas fatais da pandemia. O governador JB Pritzker afirmou que um bebê estava entre os mortos nas últimas 24 horas em Illinois em consequência do novo coronavírus

O Departamento de Saúde Pública do estado afirmou que o menino, que faleceu em Chicago, tinha menos de um ano e apresentou resultado positivo para a COVID-19. 

“Nunca houve uma morte associada com a COVID-19 de um bebê”, afirmou o diretor do departamento, Ngozi Ezike, em um comunicado. “Uma investigação completa foi iniciada para determinar a causa da morte.”

Pritzker afirmou que ficou abalado com a notícia. “É especialmente triste para a família desta criança muito pequena, pelos anos roubados deste bebê. Deveríamos sofrer.”

Na semana passada, o diretor geral de Saúde Pública da França, Jerome Salomon, anunciou a morte de uma adolescente de 16 anos na região de Paris.  “As formas graves (de coronavírus) entre os jovens são muito raras”, destacou Salomon. 

Na Califórnia (EUA), na semana passada, o Departamento de Saúde Pública do condado de Los Angeles informou que um adolescente que havia sido diagnosticado com a COVID-19 também faleceu. 

Mas destacou que o caso era complexo e que a causa do óbito poderia ser outra. Muitos estudos apontam que o vírus afeta fundamentalmente pacientes mais velhos e pessoas com doenças crônicas. 

Os Estados Unidos registram mais de 120.000 casos de COVID-19 e quase 2.000 mortes. 

About The Author

Aldenice Santos

Related Posts