Na hora de fazer a propaganda de um produto, vale tudo, ou melhor, quase tudo. As empresas buscam inovar sempre e divulgar o que oferecem ao mercado da melhor forma. Dizem que a propaganda é a alma do negócio e isso é verdade. Uma campanha bem feita pode alavancar de forma estrondosa as vendas de algo, e por esse motivo, estamos sempre vendo outdoors interativos, comerciais chocantes e panfletos em 3D super inovadores.

No entanto, existe algo que começou há muito tempo e até hoje chama muito a atenção das pessoas. Algumas empresas do ramo da perfumaria colocam o cheiro de seus produtos em páginas de revistas, como uma amostra grátis do produto.

Se você já folheou alguma vez uma revista da Avon, sabe bem do que estamos falando. Alguns perfumes são apresentados por meio de imagens e nessas contêm o cheiro do produto em destaque. Mas você já se perguntou como eles fazem para conseguir isso? A resposta é bem simples. As empresas utilizam uma técnica chamada microencapsulação ou aplicação de fragrâncias no impresso. Isso foi inventado pela 3M em 1965, e a princípio foi desenvolvido na produção do papel carbono. Primeiro, esse perfume precisa ser transformado em microcápsulas antes de ser colocado nas páginas.

As microcápsulas são partículas extremamente pequenas, medindo de 1 mm a 1000 mm. Essas partículas do perfume são revestidas com uma casca protetora, formando assim as microcápsulas. Após fazer isso, agora basta imprimir a revista novamente, como antes. Aí entra o processo mágico: no local onde deseja colocar o cheiro, é impressa uma camada de verniz incolor rico em microcápsulas. Essas são invisíveis aos nossos olhos. As microcápsulas são rompidas quando passamos a mão sobre elas. É dessa forma que sentimos o perfume. Confira conosco um vídeo mostrando um pouco mais sobre isso.

Assista ao Vídeo

About The Author

Dena Santos

Related Posts