Porta de avião que se soltou durante voo é encontrada em quintal de casa

Porta de avião que se soltou durante voo é encontrada em quintal de casa

Incidente causou despressurização da cabine e aeronave precisou pousar no mesmo aeroporto de onde havia partido à menos de 20 minutos

A porta do avião que se soltou durante um voo da Alaska Airlines foi encontrado no quintal de uma casa em Portland, de acordo com o Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos Estados Unidos (NTSB).  O avião precisou de um pouso de emergência na sexta-feira (5/1).

O dono da casa, um professor de Portland, chamado ‘Bob’, contatou a agência depois de ter encontrado a porta da fuselagem do Boeing 737 MAX 9 no seu quintal, disse a presidente da NTSB, Jennifer Homendy, numa coletiva de imprensa.

Desde a sexta-feira (5/1) os investigadores federais precisaram de ajuda do público para encontrar a peça e Homendy explicou que a localização da porta forneceria pistas importantes sobre a razão pela qual se separou do avião. Os investigadores agora buscam descobrir como o tampão saiu da porta.

O avião transportava 117 pessoas de Portland, no Oregon, para Ontario, na Califórnia. O deslocamento da porta provocou uma explosão e fez com que a cabine fosse despressurizada. O avião aterrissou em segurança, sem ferimentos graves, segundo as autoridades.

Devido ao incidente, aviões Boeing 737 MAX 9 estão sendo inspecionados. A Alaska Airlines disse no sábado à noite que as inspeções de emergência à sua frota de aviões Boeing 737 MAX 9 “vão demorar mais tempo”, de acordo com a nota à imprensa.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram a aeronave em voo com a porta aberta.

Confira a matéria no site do Correio Braziliense.