Termina nesta segunda-feira (29) o prazo para servidores públicos federais e professores da rede pública estadual ou municipal se inscreverem para trabalhar na Rede Nacional de Certificadores (RNC) no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A inscrição deve ser feita até as 23h59, no Sistema RNC.

A oportunidade é para atuar como certificador em um ou nos dois domingos de aplicação do Enem, que esse ano será realizado em 3 e 10 de novembro. Os certificadores são representantes do Inep em todos os locais de prova e são responsáveis por conferir vários procedimentos. O valor pago é de R$ 342 por dia, o que equivale a R$ 28,50 por hora de trabalho.

Os interessados precisam cumprir alguns critérios antes de se inscreverem pela internet, no Sistema RNC ou pelo aplicativo da Rede. Antes da inscrição, é necessário realizar cadastro, exclusivamente pelo sistema. Quem tem cadastro de anos anteriores, pode atualizar as informações ou fazer a inscrição diretamente.

Todos os inscritos que atenderem aos critérios do Inep serão convocados para uma capacitação no formato de educação a distância. Aqueles que obtiverem a nota mínima exigida estarão aptos a atuar como certificadores do Enem. As demandas de trabalho são emitidas na semana do exame, de acordo com a necessidade do Inep para cada local de prova. Em 2019, o Enem será aplicado em 1.728 municípios.

Critérios para participação:

– Ser servidor público do poder executivo federal, em exercício em 2019, regido pela lei 8.112

– Ou ser docente da rede pública estadual ou municipal de ensino, efetivo e registrado no Censo Escolar 2018

– Ter formação mínima em ensino médio

– Não estar inscrito e nem ter parentes inscritos no Enem 2019

– Não ter vínculo com qualquer atividade do Enem ou do Inep