Estados nordestinos formam a segunda maior região em número de eleitores, com 39 milhões; historicamente, o petista é o líder nas pesquisas de opinião feitas entre esse eleitorado

Os principais pré-candidatos à Presidência, sobretudo do espectro de centro-direita, deram início a uma corrida para tentar ganhar campo no Nordeste, segunda maior região em número de eleitores, com 39 milhões, atrás apenas do Sudeste, que reúne 62 milhões deles. O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-ministro Sergio Moro (Podemos) embarcaram nesta semana para estados nordestinos, destino da primeira viagem de João Doria (PSDB) assim que deixar o governo de São Paulo em abril.

Assim como acontece historicamente, hoje o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o líder nas pesquisas de opinião feitas entre o eleitorado daquela região. O levantamento mais recente, realizado em dezembro pelo Ipec, mostra que Bolsonaro tem 15% de intenções de voto no Nordeste, contra 21% no país todo. O petista, por sua vez, passa de 48% para 63% na região. No caso de Moro, o índice cai de 6% para 3%. Ciro Gomes (PDT), que construiu sua carreira política no Ceará, tem um pequeno avanço, dentro da margem de erro, de 5% para 6%. João Doria (PSDB) permanece em 2%.

Entre ontem e hoje, Bolsonaro vai passar em quatro estados Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte para entregar obras relacionadas à transposição do São Francisco. De acordo com auxiliares do Palácio do Planalto, de olho nas urnas, a partir de agora, o presidente deverá participar do maior número possível de entregas na região. Os eventos serão usados para defender as ações do governo e fazer críticas às gestões do PT.

A estratégia de Bolsonaro para crescer na parte de cima do Brasil passa por reforçar a mudança do Bolsa Família para o Auxílio Brasil e capitalizar o auxílio emergencial, benefício distribuído à população pobre durante a pandemia

“Criamos em tempo recorde o auxílio emergencial, que alguns, a oposição, ainda criticaram. O gasto em 2020 com auxílio emergencial equivaleu a 15 anos de Bolsa Família, discursou o presidente ontem, em Salgueiro (PE)”.

O presidente enviou a parlamentares aliados um clipe com um jingle em ritmo de forró que cita obras do governo que levaram água para alguns pontos da região. A campanha bolsonarista vai investir em mais materiais como esse.

Com informações Carta capital.

About The Author

Related Posts