Equipe do CRAS, Coordenadoria Municipal da mulher e o Prefeito Djalma Alves – Foto: Divulgação

Equipe do CRAS, Coordenadoria Municipal da mulher e o Prefeito Djalma Alves – Foto: Divulgação

Foi realizado nesta terça-feira (07 de novembro de 2017), em Solidão, Sertão de Pernambuco, palestras educativas com a Unidade Móvel Estadual, em alusão ao Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher.

A Secretaria Estadual da Mulher em parceria com a Coordenadoria da Mulher de Solidão realizou encontros nas comunidades de Macambira e Barreiros do município.

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Solidão o CRAS, CREAS, IPA, Conselho Tutelar e Assistência Social, juntamente com a Coordenadora Municipal Vandurcia Rodrigues se mostraram dispostos a ajudar as comunidades.

Em Solidão, a ação foi coordenada pela Secretaria Estadual da Mulher com a Coordenadora Regional do Estado, Marília Correia em parceria com a coordenadora municipal, Vandurcia Rodrigues.

Comunidade de Macambira durante o encontro – Foto: Divulgação

Comunidade de Macambira durante o encontro – Foto: Divulgação

Não Violência Contra a Mulher

No Brasil, 43% das mulheres em situação de violência sofrem agressões diariamente; para 35%, a agressão é semanal (Centro de Atendimento à Mulher). Em média, a cada 11 minutos uma mulher é estuprada em nosso país. (Fórum Brasileiro de Segurança Pública). Mais de 100 milhões de meninas poderão ser vítimas de casamentos forçados durante a próxima década (UNICEF). Em todo o mundo, 52% das mulheres economicamente ativas já sofreram assédio sexual no ambiente de trabalho (OIT).

“Crimes de honra” são homicídios de mulheres, jovens ou adultas, a mando da própria família, por alguma suspeita ou caso de “transgressão sexual” ou comportamental, como adultério, recusa de submissão a casamentos forçados, relações sexuais ou gravidez fora do casamento mesmo se a mulher tiver sido estuprada. O crime é praticado para não “manchar o nome da família”. 5 mil mulheres são mortas por crimes de honra no mundo por ano (ONU

Não é preciso muito para lutar por um mundo melhor. Basta que haja um coração pulsante e sangue correndo nas veias.

Palestra na comunidade dos Barreiros – Foto: Divulgação

Palestra na comunidade dos Barreiros – Foto: Divulgação

Comunidade dos Barreiros – Foto: Divulgação

Comunidade dos Barreiros – Foto: Divulgação

Equipe com a presidente da comunidade de Macambira – Foto: Divulgação

Equipe com a presidente da comunidade de Macambira – Foto: Divulgação