Um relatório produzido pela Rede de Observatórios da Segurança, grupo de estudos sobre violência nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco, reuniu dados que demonstram como a população negra é a principal vítima da violência no país. Os negros (pretos e pardos) são 75% dos mortos pela polícia.

Entre as vítimas de feminicídio, 61% são mulheres negras. Enquanto a taxa geral de homicídios no Brasil é de 28 pessoas a cada 100 mil habitantes, entre os homens negros de 19 a 24 anos esse número sobe para mais de 200.

Segundo o relatório, as operações policiais violentas em áreas onde predominam populações negras e as abordagens ao “elemento suspeito cor padrão” são difundidas e interpretadas por parte da sociedade como ações de combate ao crime e não como política pública altamente racializada.
Para repercutir a violência contra a população negra, Jota Batista conversa nesta segunda-feira (20), às 10h40, no Espaço Aberto, com a advogada especialista em Direitos Humanos e ativista do Movimento das Mulheres Negras, Vera Baroni, Yabassé do Terreiro de Mãe Amara.

About The Author

Aldenice Santos

Related Posts