Homem leva tiro ao tentar socorrer sogro de assalto no Povoado Silvestre

A vítima não reconheceu os agressores e recebeu um disparo na coxa esquerda e se atirou ao chão se passando por morto.

Na madrugada do último sábado (11 de maio de 2019), a Guarnição Tática da Policia Militar foi informada pela Central de Operações do 23º BPM, que no Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira, teria dado entrada uma vítima de disparo de arma de fogo.

Chegando ao hospital, a vítima de 34 anos, agricultor, morador do Povoado do Silvestre, de Tavares, em Tavares, Paraíba, relatou ao policiamento que ouviu barulhos estranhos na casa do seu sogro e ao chegar na residência do mesmo, começaram a atirar em sua direção, momento este em que a vítima recebeu um disparo na coxa esquerda e se atirou ao chão se passando por morto.

A vítima não reconheceu os agressores, só informou que eram 02 homens e estavam em uma moto não identificada, além disso, foi relatado que os imputados entraram na residência do seu sogro e o amarraram, mas aparentemente não levaram nada.

A vítima recebeu atendimento médico e não corre risco de morte. Os imputados não foram localizados, a ocorrência foi passada a disposição da DPC de Afogados da Ingazeira, onde foi aberto um inquérito.