A liberação de saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) deverá ser limitada a valores em torno de R$ 500 por conta, confirmou nesta terça-feira o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, mas os valores ainda não estariam fechados.

Segundo o porta-voz, “governo quer dar oportunidade de acesso ao dinheiro que é do trabalhador” e que esses recursos dariam um impulso à economia.

Guedes disse ainda que a liberação de recursos do FGTS será feita anualmente, “para sempre”. Em princípio, o anúncio das medidas está mantido para quarta-feira, segundo o porta-voz.