O especialista aconselha apenas que a pessoa procure um local escuro longe das luzes da cidade – Foto: Reprodução

O especialista aconselha apenas que a pessoa procure um local escuro longe das luzes da cidade – Foto: Reprodução

As regiões Norte e Nordeste, na madrugada desta sexta-feira, 17, terão vista privilegiada de uma chuva de meteoros Leonídeos, similar a uma série de quedas de estrelas cadentes. O fenômeno atinge seu horário de pico às 3 horas. A informação é do Diário de Pernambuco.

Conforme o astrônomo e professor do Centro Universitário FEI, Cássio Barbosa, a visibilidade nesse horário no Norte e Nordeste deve ser de até dez meteóros por hora. Já no Sudeste, sete. No Sul, quatro. O evento é o penúltimo do ano e começou na primeira quinzena de novembro. Só que nesta sexta-feira é que terá maior visibilidade.

Para os interessados em ver o fenômeno, o especialista aconselha apenas que a pessoa procure um local escuro, preferencialmente longe das luzes da cidade. Desse modo, o campo de visão será ampliado e terá as melhores condições para não ofuscar os efeitos luminosos dos meteoros. Outra sugestão é que o olhar do espectador esteja para a direção leste, onde nasce o Sol.

Em dezembro, ocorrerá o último fenômeno visível a olho nu do ano. Será uma nova chuva de meteoros. O fenômeno do próximo mês chama-se Chuva dos Geminídeos.