Autoproclamado “professor de lágrimas”, o japonês Hidefumi Yoshida tem chamado a atenção da imprensa local por lecionar a “arte do choro”. Yoshida acredita que despejar algumas lágrimas por semana é uma excelente maneira de diminuir o estresse e levar uma vida mais feliz.

O Japão está entre um dos países que menos chora no mundo, muito por causa de um estigma sobre o ato de chorar dentro dos países asiáticos, segundo o ex-docente do ensino fundamental.

Para ele, os japoneses um dia foram uma nação com predisposição para chorar facilmente, mas a repressão contra jovens e adultos fez com que eles se tornassem um povo fechado.

A mudança na cultura do choro

Hidefumi adotou como missão de vida o desafio de mudar a percepção dos japoneses sobre o ato de chorar, mostrando-lhes como derrubar uma lágrima pode trazer benefícios para o corpo humano. O homem alega já ter orientado cerca de 50 mil pessoas nos últimos sete anos e meio.

A técnica utilizada para os ensinamentos de Yoshida é batizada de rui-katzu, que pode ser traduzida para o português como “a busca pela lágrima”. Ele, então, organiza vários workshops e aulas ao redor do Japão, onde explica as virtudes do choro e ensina como fazer para alcança-lo.

Em entrevista para o jornal Japan Times, o professor afirmou que chorar pode ser mais efetivo do que dar risadas ou um boa noite de sono quando se trata de reduzir o estresse. “Se você chora uma vez por semana, você terá uma vida livre de estresse”, pontuou.

De acordo com o homem de 45 anos, as lágrimas estimulam a atividade nos nervos parassintéticos do cérebro, os quais são responsáveis por diminuir a atividade cardíaca e traz um efeito apaziguador para a cabeça.

Tipos de choro

Apesar da importância das lágrimas para a saúde mental, vale ressaltar que nem todo tipo de choro traz o mesmo efeito para o corpo. De acordo com Yoshida, existem dois grupos diferentes: o choro de experiências emocionais breves e o choro de luto.

O primeiro pode ser experimentado enquanto a pessoa assiste um filme de drama ou romance, lê um livro tocando ou escuta aquela música especial e, normalmente, é o melhor tipo. Já o choro de luto pode acarretar em uma tristeza profunda, que implica em efeitos negativos para o organismo.re

About The Author

Aldenice Santos

Related Posts