Narradora do Grupo Globo foi responsável pela transmissão do duelo entre Dinamarca e Tunísia, válido pelo Grupo D do Mundial

A partida entre Dinamarca e Tunísia desta terça-feira, válida pela abertura do Grupo D da Copa do Mundo do Catar, marcou um fato histórico na TV aberta do Brasil: pela primeira vez uma mulher narrou uma partida do Mundial. Renata Silveira, profissional do Grupo Globo, foi a responsável pelo feito.

Ao lado dos comentaristas ex-jogadores Richarlyson e Zé Roberto, além de PC Oliveira, Renata comandou a partida que acabou empatada por 0 a 0. Foi o primeiro empate sem gols do Mundial do Catar, que impediu que o primeiro tento narrado por uma mulher na TV aberta em Copas do Mundo fosse registrado.

Esta não é a primeira vez que Renata Silveira faz história na TV aberta. Em sua carreira como narradora, ela foi a primeira mulher a narrar partidas de futebol no SporTV, canal fechado de esportes do Grupo Globo. Além disso, a profissional já comandou uma partida de um jogo masculino na televisão aberta, no confronto entre Botafogo e Ceilândia, válido pela Copa do Brasil de 2022.

A Copa do Mundo do Catar tem transmissão exclusiva do Grupo Globo na televisão. Na rede aberta, os jogos são transmitidos pela TV Globo. Na TV fechada, os canais SporTV são os responsáveis. No streaming, o Mundial pode ser acompanhado via o aplicativo Globoplay. Além disso, o produtor de conteúdo brasileiro Casimiro Miguel fará a transmissão de algumas partidas em seu canal.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.