Solidão comemora 6ª colocação no estado de Pernambuco no índice de desempenho do Programa Previne Brasil

A Prefeitura de Solidão, através da Secretaria Municipal de Saúde, divulgaram na tarde desta sexta-feira, o resultado da avaliação no estado de Pernambuco do Programa Previne Brasil. O município ficou em 6º lugar quando comparado com todos os municípios do estado de Pernambuco e em 2º lugar na X Regional de Saúde.

O Programa Previne Brasil é um novo modelo de financiamento que alteraalgumas formas de repasse das transferências para os municípios, passando a serem distribuídas com base em três critérios: capitação ponderada, pagamento por desempenho e incentivo para ações estratégicas. A cada quadrimestre os municípios serão avaliados com base em 7 indicadores definidos pelo Ministério da Saúde. Os indicadores são:

• Proporção de gestantes com pelo menos seis consultas pré-natal realizadas, sendo a 1ª até a 20ª semana de gestação;
• Proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV;
• Proporção de gestantes que passaram por atendimento odontológico;
• Cobertura de exame citopatológico;
• Cobertura vacinal de poliomielite inativada e de pentavalente;
• Percentual de pessoas hipertensas com pressão arterial aferida em cada semestre;
• Percentual de diabéticos com solicitação de hemoglobina glicada.

Solidão comemora 6ª colocação no estado de Pernambuco no índice de desempenho do Programa Previne Brasil

“Esse é um momento de muita importância para os profissionais da saúde do município de Solidão, estamos muito felizes com esse resultado, mostra que estamos no caminho certo e vamos buscar crescermos cada vez mais”, destacou a Secretária de Saúde”, Damiana Alves.

“Recebemos com grande alegria esse resultado. A atenção primária é a porta de entrada dos serviços de saúde e precisa ser fortalecida diariamente. Vamos perseguir cada meta, vamos perseguir o ideal de levarmos a cada dia uma saúde melhor para os solidanenses. Parabéns a todos os profissionais e a equipe de gestão da saúde do nosso município”, afirmou o prefeito Djalma Alves