O diretor-executivo da OMS (Organização Mundial da Saúde), Michael Ryan, disse nesta 4ª feira (22.jul.2020) que a vacinação em massa de pessoas contra a covid-19 só deve ocorrer em 2021.

“Sendo otimista, estamos acelerando o máximo possível, mas temos de garantir segurança, tomar toda precaução para ter resultado seguro. Mas, sendo realista, será na primeira parte do próximo ano até que comecemos a ver pessoas sendo vacinadas”, disse Ryan.

O diretor enalteceu os resultados positivos dos vários antídotos testados até agora. Pediu, no entanto, cautela para que se chegue a conclusões de fato positivas.

Ryan destacou que outro passo importante é garantir a distribuição das vacinas. “Precisamos garantir justiça”, ressaltou.

“Teremos de ver quão eficazes as vacinas serão e por quanto tempo durará a proteção. A ideia de que teremos uma vacina em 2 ou 3 meses e de repente esse vírus irá embora, eu adoraria dizer isso para vocês, mas não é realista”.

Testes em andamento

Desenvolver uma vacina pode levar anos, se os prazos de cada fase seguirem o padrão. No caso da covid-19, o desenvolvimento se dá em velocidade recorde.

Eis as vacinas em estágio avançado de desenvolvimento.

About The Author

Aldenice Santos

Related Posts