Doença misteriosa deixa 20 mortos na Costa do Marfim

Doença misteriosa deixa 20 mortos na Costa do Marfim

Uma doença misteriosa que atinge desde dezembro uma aldeia no centro da Costa do Marfim deixou 20 mortos, a maioria crianças – conforme balanço divulgado nesta quinta-feira (2) por fontes locais. 

“Até 26 de janeiro estávamos com 12 mortos. Na quinta-feira, o balanço piorou e registramos 20 mortos, incluindo dois adultos”, disse Paul Kouassi, presidente de uma associação de jovens em Kpo-Kahankro, cidade localizada a cerca de 20 quilômetros do povoado afetado, Bouaké. 

Esse número de óbitos foi confirmado por outros moradores. 

Ainda de acordo com Kouassi, os adultos mortos são duas mulheres, com idades entre os 60 e 70 anos.

Elas morreram no hospital de Bouaké, “depois de apresentarem os mesmos sintomas que os primeiros falecidos, ou seja, vômitos e diarreia”, detalhou.