Este ano, as eleições de 2020 terá algumas recomendações por causa da pandemia da Covid-19. São cuidados que mesários e eleitores devem tomar para diminuir o risco de contaminação. Lembrando que o 1º turno será em 15 de novembro e o 2º turno em 29 de novembro.

Mesários e eleitores terão que usar máscaras nos locais de votação. O uso é obrigatório e não será permitida a permanência ou entrada de pessoas sem máscara.

Nas seções eleitorais será disponibilizado álcool em gel para ser usado antes e depois de votar. O Tribunal Superior Eleitoral pede que todos levem sua própria caneta para assinar o caderno de votação.

O eleitor não será obrigado a apresentar o título de eleitor, um documento com foto (carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação) já é o bastante para conseguir votar.

Horário de votação

Por causa da pandemia e evitar filas e aglomeração, o horário de votação foi ampliado, iniciado às 7hs e terminando às 17hs. As pessoas com mais de 60 anos, grupo de risco, poderão votar entre 7hs e 10hs.

Justifique o voto

Se por algum motivo o eleitor não puder comparecer no dia da eleição terá que justificar o porquê de não ter ido em até 60 dias.

O eleitor precisa retirar o formulário de Requerimento de Justificativa Eleitoral, que pode ser encontrado nos cartórios eleitorais ou no site do TSE. O eleitor poderá justificar também pelo app e-Título.