Os famosos “mosquitos de banheiro” chamaram a atenção dos internautas na tarde desta segunda-feira (27). No Twitter, diversos usuários discutiam as origens do inseto que some e desaparece diversas vezes. “Sem nome, sem som, sem função”, diz o post viral. Mas afinal, que mosquitos são esses?

Pertencentes à família  Psychodidae, os “mosquitos de banheiro” possuem uma necessidade natural de estar perto de água. É em ambientes úmidos que esses animais são capazes de reproduzir e colocar ovos. Por isso é tão comum encontrá-los em ralos de banheiro, torneiras e filtros de água. 

Os bichinhos, muitas vezes, têm corpo robusto e asas peludas, chegando a serem confundidos com pequenas mariposas. Os adultos chegam a medir cerca de 2mm e apresentam coloração que varia entre o cinza e o marrom claro.

De acordo com a Insect Bye, o banheiro, como local úmido, é ideal para a vida deste inseto. É nos ralos que esses mosquitos gostam  de se reproduzir e deixar seus ovos. Quando os ovos chocam, os mosquitos voltam para o banheiro em busca de uma nova fêmea, aí o ciclo se repete. Além disso, há muito material orgânico no bainheiro, o que também chama a atenção desse tipo de inseto.

 Não existe comprovação ciêntifica de que esse mosquito faça mal ao ser humano. Apesar disso, ele pode transportar fungos e bactérias presentes nas paredes, ralos e lixeiras e espalhá-los por onde pousa. 

O post com a foto do inseto chegou a 108 mil curtidas e 20 mil compartilhamentos. Em um tom bem humorado, a discussão se estendeu pela rede social.

Deixe um comentário