Após o período de quarentena rígida e feriadão da Semana Santa, as aulas presenciais em Pernambuco estão liberadas para retornar nesta segunda-feira (5). A volta será gradual e terá início pelas escolas da rede privada, com os alunos da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental e pelas universidades públicas e privadas. 

Esses níveis de ensino podem retornar já nesta segunda, assim como as demais atividades pedagógicas. As unidades de ensino devem seguir os protocolos de distanciamento social, prevenção, proteção e monitoramento. 

No anúncio da retomada, na última quarta-feira (31), o secretário estadual de Educação, Marcelo Barros, informou que o cronograma gradual seguirá até maio e a volta do aluno deve ser permitida pelos pais.

“O retorno dos estudantes às escolas é decisão das famílias, devendo ser oferecido o modelo virtual ainda”, informou, ao lembrar da permanência do modelo híbrido, com rodízio entre aulas presenciais e virtuais.

As aulas haviam sido suspensas em 18 de março, no início da quarentena decretada no Estado para conter a piora da pandemia de Covid-19. Na próxima segunda-feira (12), poderão voltar os alunos dos anos finais do Fundamental e do Ensino Médio na rede privada.

O cronograma segue com a rede estadual em 19 de abril. Neste dia, o retorno está permitido para estudantes do 3º ano do Ensino Médio e do do Médio integrado à Educação Profissional, o EJA Médio, o Travessia Médio, a educação em prisões, os cursos técnicos de nível médio (concomitante ou subsequente), a Educação Infantil e os anos Iniciais do Fundamental.

Na semana posterior, em 26 de abril, será a vez do 2º ano do Ensino Médio e do Médio integrado à Educação profissional, dos anos finais do Fundamental, do EJA fundamental e do Travessia Fundamental;

Por fim, em 3 de maio, voltam o 1º ano do Ensino Médio e do Médio integrado à Educação Profissional, os anos finais do Fundamental e o atendimento socioeducativo.  De acordo com o secretário Marcelo Barros, as escolas são um ambiente seguro em relação à transmissão da Covid-19.

“Nós temos convicção, baseado em diversos estudos nacionais e internacionais, de que a escola é um ambiente seguro, desde que os protocolos sejam seguidos. A contaminação da Covid-19 no ambiente escolar é relativamente baixa”, afirmou o secretário. 

Rede municipal

A rede municipal, que está com as aulas presenciais suspensas desde 18 de março de 2020, poderá voltar a partir de 26 de abril deste ano. 

O calendário de retomada das escolas administradas por prefeituras depende de cada município.