O reajuste da conta de luz é de 43% sobre o atual valor da bandeira tarifária vermelha patamar 2 - Foto: Reprodução

O reajuste da conta de luz é de 43% sobre o atual valor da bandeira tarifária vermelha patamar 2 – Foto: Reprodução

Noticia nada boa deixa brasileiros em alerta para o gasto de energia, em novembro a conta de luz  será a vermelha patamar 2, com acréscimo de R$ 5 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), não houve evolução na situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas em relação ao mês anterior.

“Ainda que não haja risco de desabastecimento de energia elétrica, é preciso reforçar as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício”, diz a agência.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), aprovou uma proposta de reajuste de quase 43% sobre o atual valor da bandeira tarifária vermelha patamar 2, a mais cara do sistema, passando o valor da taxa extra de R$ 3,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) e passarão a pagar R$ 5 de taxa extra, já a partir de novembro.

Por causa do atual cenário de falta de chuvas, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) decidiu que vai fazer reuniões semanais para analisar as condições de fornecimento de energia no país.