Filho envia selfie para mãe minutos antes de morrer em queda de avião

Um grupo de quatro amigos morreu no último domingo (31) em um acidente aéreo em Carlinville, Illinois, nos Estados Unidos. Segundo reportagem da emissora local KSDK, o voo durou cerca de 30 minutos e momentos antes da queda um dos passageiros, Daniel Shedd, de 37 anos, enviou uma selfie do quarteto para a mãe. Daniel Shedd, Joshua Sweers, John Camilleri e Daniel Schlosser eram membros da fraternidade Phi Gamma Delta.

Daniel e os amigos voavam para Michigan para buscar uma motocicleta BMW que ele havia emprestado à um dos colegas que estava no voo. O engenheiro formado na Universidade Kettering, em Michigan, pretendia voltar para casa com a moto na segunda-feira (1°) já que no dia após o acidente ele celebraria o aniversário de sua mãe.

A aeronave monomotor de asa fixa Piper Cherokee PA 28-235 tinha apenas 4 lugares e segundo o pai de Daniel, Charles Shedd, o piloto e amigo do filho, Joshua, de 35 anos, que possuía o avião há pouco tempo, mas que estava em “excelente condição” após ter passado por todas as inspeções necessárias.

“Esta foi a primeira vez que ele voou com eles e não tenho certeza se ele já esteve em um pequeno avião antes. Ele estava ansioso pela viagem”, disse o pai, que suspeitou do acidente após o filho não responder mais suas mensagens e ligações.

Ao pesquisar sobre o voo na internet, o pais de Daniel constataram que a aeronave havia desaparecido meia hora após a decolagem. Foi quando no celular de sua mãe chegou uma notificação do site ‘5 On Your Side’ sobre um acidente.

“Liguei para a polícia de Carlinville e cheguei ao xerife, e finalmente conversei com o médico legista. Ele era o filho mais maravilhoso que um pai poderia ter”, contou o pai, em lágrimas.

O Departamento do Xerife do Condado de Macoupin e a Administração Federal de Aviação estão investigando o caso, mas condições climáticas foram descartadas como causa do acidente.

About The Author

João Santos

Related Posts