Os casos de Covid-19 estão aumentando no Hemisfério Norte. No entanto, os sintomas estão ligeiramente diferentes dos anteriores. De acordo com pesquisadores envolvidos no aplicativo Zoe Covid Study, a circulação de variantes distintas e a cobertura vacinal são alguns fatores para a mudança dos sintomas nas pessoas infectadas.

O aplicativo monitora sintomas de milhões de pessoas no Reino Unido desde os primeiros dias da pandemia. No último relatório do projeto de pesquisa foram observadas algumas diferenças sutis entre as pessoas não vacinadas e as vacinadas.

Nas pessoas totalmente vacinadas, os sintomas mais comuns relatados foram dor de garganta, coriza, nariz entupido, tosse persistente e dor de cabeça. Já os indivíduos infectados que tomaram apenas uma dose da vacina disseram que, além dos sintomas já citados, tiveram espirros.

Nas pessoas não vacinadas, a febre aparece entre os sintomas relatados. A perda do olfato e falta de ar não apareceram no grupo dos cinco principais sintomas mais citados. “Existem algumas razões pelas quais os sintomas podem estar mudando, incluindo o fato de que aqueles que foram vacinados apresentam sintomas menos graves, bem como mais casos relatados por pessoas mais jovens, em que encontramos também sintomas diferentes e menos graves”, disseram os pesquisadores.

Fonte: DP

Related Posts