Estamos no mês do setembro Amarelo de prevenção ao suicídio. A depressão pode ser um fator de risco para o suicídio

Estamos no mês do setembro Amarelo de prevenção ao suicídio. A depressão pode ser um fator de risco para o suicídio. Segundo o Ministério da Saúde, 24 milhões de pessoas sofrem com a doença na América latina. O nosso corpo produz serotonina, um neurotransmissor, que oferece ao nosso cérebro a sensação de bem-estar e melhora do humor.

Vamos conferir alimentos que ajudam na formação da serotonina? Só esclarecendo que a medicação não deve ser excluída, caso tenha sido passada por um psiquiatra, bem como a terapia, do psicólogo, para que estão com algum distúrbio emocional.

1. A melancia, o abacate, o limão, mamão, tangerina, contém a substância triptofano, percussor da serotonina, regulando o humor. Recomendamos de 3 a 5 frutas por dia.

2. Iogurte – fonte de cálcio, diminui a irritabilidade

3. Maça e Laranja – ricas em ácido fólico, sendo importante para controle de quadro de depressão. A laranja tem vitamina C, melhora o sistema nervoso, a fadiga e o estresse.

4. Castanha-do-Pará, nozes e amêndoas – fontes de selênio, um poderoso antioxidante, colaborando com a redução dos sintomas da depressão.

5. Banana e Abacate – tem carboidrato, magnésio, potássio e vitamina B6, produzindo energia e diminuem a ansiedade.

6. Ovo – fonte de tiamina e a niacina (do complexo B), bom humor em alta.

7. Aveia – alimento fibroso, bom para o intestino, combatendo a ansiedade e depressão.

95% dos nossos neurotransmissores são produzidos no organismo, portanto, vamos cuidar bem desse órgão tão importante para a nossa saúde mental.

Alimentos que ajudam a aliviar os sintomas da depressão

About The Author

Dena Santos

Related Posts