A Rússia anunciou nesta segunda-feira (13) que a sua vacina, desenvolvida por iniciativa do Estado, pode estar próxima de entrar em circulação. O país afirma que concluiu parte dos testes clínicos que comprovam a eficácia da imunização. Com isto, o estudo poderia ser concluído já em setembro. 

Segundo a agência de notícias estatal TASS, a chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov, Yelena Smolyarchuk informou que “A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura”.

A vacina vem sendo desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa para Epidemiologia e Microbiologia Gamalei. De acordo com o diretor da instituição, Alexander Gintsburg, a previsão é que a vacina “entre em circulação civil” entre 12 e 24 de agosto.

Essa distribuição será a última fase dos testes. Com isso, os voluntários que receberam a vacina precisarão ficar sob supervisão. Os testes de fase 1 e fase 2 normalmente verificam a segurança de um remédio antes de este avançar para a fase 3, que testa sua eficácia em um grupo maior de voluntários.

About The Author

Aldenice Santos

Related Posts