Pastor Júnior Trovão disse que o homem foi o segundo a levantar a mão para se entregar a Jesus no culto do último sábado

O pastor Júnior Trovão compartilhou nas suas redes sociais que entre as sete pessoas que aceitaram Jesus durante um culto que ele ministrou em Camboriú no último sábado (27) estava Geovani Ribeiro dos Santos, 35 anos, que foi assassinado horas depois.

“Ontem fiz o apelo e Deus falou fortemente que alguém estava recebendo a última a chance, e das sete vidas que se entregaram à Cristo, esse moço foi a segunda a pessoa a se entregar. Tristeza pela vida que se foi, alegria pela alma que Jesus salvou”, escreveu o pastor.

De acordo com informações do portal Click Camboriú, Santos possuía passagens pela Polícia por violência doméstica, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e estelionato.

O homem foi assassinado a tiros e, segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), quando o socorro chegou ele já estava sem vida.

A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) vistoriaram a cena do crime e periciaram as evidências.

Com informações Gospel Prime

About The Author

Dena Santos

Related Posts