Aprendemos na escola que a água só se apresenta em três estados: sólido, líquido ou gasoso. Porém, cientistas vêm descobrindo e criando novos estados para essa substância. Confira 5 exemplos abaixo!

1. Seca

A água seca é o resultado de uma mistura de água com sílica. Mesmo sendo 95% água, a substância tem formato de pó e é sólida. Ela foi criada pela primeira vez em 1968, para ser utilizada em cosméticos, mas os cientistas atuais acreditam que podem utilizá-la para absorver o dióxido de carbono da atmosfera.

Fonte: Gizmodo / Reprodução
Fonte: Gizmodo / Reprodução

2. Plasma

Água também pode existir no estado de plasma. É o que acontece no planeta Gliese 1214 b, que é seis vezes maior que a Terra. O plasma é parecido com o estado gasoso, mas um pouco menos denso, sem forma ou volume definido.

3. Superiônica

Fonte: M. Millot/E. Kowaluk/J.Wickboldt/LLNL/LLE/NIF
Fonte: M. Millot/E. Kowaluk/J.Wickboldt/LLNL/LLE/NIF

Uma possibilidade que só foi confirmada em 2019, a água superiônica, ou gelo XVIII, é o que acontece quando a água é submetida a condições massivas de temperatura e pressão. A substância se torna densa e quente, e se comporta como metal.

4. Gelo aéreo

Ao contrário da água superiônica, o gelo aéreo é o que acontece quando tentamos formar o gelo em um ambiente sem qualquer pressão. Essa é a versão mais leve possível do gelo.

5. Gelo inflamável

Hidratos de metano são um tipo de gelo que pode queimar tão facilmente quanto um pedaço de papel. Eles se formam naturalmente nas profundezas do oceano e em plataformas de gás ou petróleo – que é onde foram descobertos pela primeira vez.

About The Author

Dena Santos

Related Posts