Tosse, febre e dispneia (falta e ar) foram os sintomas mais relatados por quem foi hospitalizado com Covid-19 nos hospitais da cidade de São Paulo. A informação faz parte do último relatório divulgado pela Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB). A tosse foi identificada em 83,8% dos casos confirmados do novo coronavírus e em 78,6% nos casos suspeitos; a febre esteve presente em 82,1% dos casos confirmados e 71,5% nos suspeitos; e a dispneia apareceu em 73,2% dos casos confirmados e 74,8% nos suspeitos.

Este resultado não causa surpresa, de acordo com a infectologista Roberta Schiavon Nogueira. “É o esperado para a Covid-19, mas estes são sintomas encontrados em outras doenças também, o que deixa mais complicado”, explica a médica da Sociedade Brasileira de Infectologia.

“Mesmo um resfriado ou uma gripe podem dar esses sintomas. É por isso que a gente orienta que as pessoas procurem um hospital de acordo com a intensidade dos sintomas. Aquela febre que não quer passar ou está aumentando de temperatura, uma falta de ar progressiva”, afirma.

“Mesmo para os profissionais de saúde. Não é o teste, é a intensidade dos sintomas que vai orientar a condução do caso”, conta a especialista. Outros sintomas relatados pelos pacientes são dor de garganta (24,3% dos casos confirmados e 18,3% dos suspeitos), diarreia (13,3% dos casos confirmados e 12,4% dos suspeitos) e vomito (6,8% dos casos confirmados e 9,1% dos suspeitos).

Em relação às comorbidades relacionadas aos casos de pessoas hospitalizadas no sistema paulistano de saúde, os maiores percentuais identificados são os das doenças cardíacas crônicas e diabetes. Isso, levando em conta tanto os casos suspeitos como os confirmados. Problemas cardíacos foram encontrados em 35,8% dos casos confirmados e em 29% dos casos suspeitos de Covid-19. Já diabetes representa 24,6% dos casos e 20,3%, respectivamente.

Aparecem ainda, com incidência menor, outras condições pré-existentes como: obesidade, asma, imunodepressão, doença hepática, doença neurológica, doença renal e doença respiratória crônica. A capital paulista tem 16.638 casos de Covid-19 confirmados, com 1.439 mortes. No estado todo são 26.158 casos e 2.247 mortes.

About The Author

Aldenice Santos

Related Posts